Operadoras lutam para colocar quantia de dados na internet fixa.

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) promete dar um veredito para um tema altamente polêmico .

Limite de dados a internet fixa será um problema para todo cidadão brasileiro , as operadoras querem que a Anatel retome o processo que voltará em pauta no conselho até dia 27 de fevereiro 2019 com um novo relator que será nomeado para analisar essa questão.

Temos a medida cautelar publicada pela Superintendência de Relações com os Consumidores, que impede que as operadoras imponham a franquia na banda larga fixa.

O que muda na nossa internet com franquia de banda fixa.

Se as operadoras ganharem na justiça o direito de franquia de banda fixa na internet , teremos uma internet bem mais cara , eles irão vender pacotes de megabits por valores fixos e quando acabar será tarifado um valor para continuar acessando . Dessa forma , nossa internet não será barata e é muito provável que o custo para se ter internet no Brasil irá pesar no bolso dos mais carentes.

As operadoras irão oferecer uma internet diferenciadas para as empresas , pois as empresas jamais aceitaram pagar por banda franquiada , em todo mundo a internet de banda larga é ilimitada , e porque eles querem adotar essa nova forma, Somos OTÁRIOS ?

VEJA TAMBÉM:

Pedimos a você que é cidadão Brasileiro , que lute também para que isso não venha acontecer no Brasil , esse é um assunto de todos , inclusive para população mais carente que não poderá pagar pelos serviços .

Isso já acontece com os celulares , quem não usa um celular de conta para caro no serviço de dados para telefones pre-pagos , e as pessoas mais pobres acabam pagando sem saber que é um absurdo os valores que eles cobram.

Fique ligado nas noticias do Clube dos Receptores , seu site de informação sobre receptores alternativos , tv por assinatura , e assuntos relacionados a satélites.

Editor : Lopes CBL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.